Falta de originalidade estampada nas capas!

segunda-feira, julho 14, 2014

Olá, pessoas interessantes! O blog estava fechado ontem porque eu resolvi mudar o layout. Achei ele enquanto estava fazendo um, mas decidi usar este, que é do livro Teorema de Katherine. Eu ainda não li, mas irei ler em breve. As imagenzinhas logo abaixo do cabeçalho são o menu. Basta ir passando o mouse que vocês verão. Muito bem, vamos à postagem! 

Não é de hoje que eu venho notando, toda vez que vou às livrarias, que a maioria dos lançamentos atuais tem, ou a capa, ou o título parecido com outros livros recentemente lançados. Normalmente isso vêm acontecendo com as editoras mais conhecidas. Vulgo à Intrínseca e outras. Não acredita no que estou dizendo? Clique em Leia Mais e confira capas e títulos beeeeeem parecidos.


A capa e o título que provavelmente inspirou os próximos lançamentos (ou não tão lançamentos assim), é ninguém mais, ninguém menos, que a capa do livro "A Culpa é das Estrelas", livro publicado no Brasil em 2013, pela editora Intrínseca.


O que vemos aqui é uma capa aparentemente simples e chamativa, o que a torna bastante "consumível", e o que nós leitores, adoramos. O azul celeste predomina. Mas, infelizmente não é somente nesta capa.











Em seguida, vêm a capa do livro "Extraordinário". Que foi traduzido e publicado pela editora Instrínseca em 2013. À princípio a capa era lindamente branca. Mas, o azul celeste estava muito mais em alta do que o branco, e logo alteraram a capa, que ficou bem parecida com a de A Culpa é das Estrelas.

A única coisa que diferencia essa capa da de cima, é que o azul tem umas manchinhas brancas. Mas, como vocês podem notar, as cores da ilustração, são basicamente as cores utilizadas na capa de A Culpa é das Estrelas: Preto, branco e azul. Coincidência?












Você achou essas capas parecidas? É porque ainda não viu o livro "A Extraordinária Garota Chamada Estrela", publicado no Brasil esse ano pela editora Gutenberg. Dá só uma olhadinha:

A capa é azul! Por mais que seja um tom diferente dos livros acima. Mas, o pior nesse livro, não é a cor azul, mas o título! É  uma mistura dos dois títulos acima! "A Extraordinária garota chamada Estrela". Além de que, a fonte usada no título desse livro é bem parecida com a fonte usada no livro A Culpa é das Estrelas.










Mas, vamos ver mais um exemplo? Dessa vez, é o livro "Uma vez na vida", publicado no Brasil esse ano pela editora Única. Veja:

O azul celeste visto ali em cima está presente nesse livro. A fonte branca, também. A capa no estilo simples, deixando o título mais evidente do que as ilustrações menos chamativas também fazem lembrar bastante o livro do John Green. Estranho, não?











Outro exemplo, de um livro de John Green é "Will & Will", que também está no padrão azul. Esse livro foi publicado no Brasil este ano, pela editora Galera.

Mais um livro escrito por John Green com outro autor. E bom, apesar da capa ser realmente linda, podemos ver claramente a febre azul nela também. E pra quem acha que a cor preferida de John Green é azul, pode esquecer. Pois nos Estados Unidos, a capa é vermelha e completamente diferente. Será que as editoras brasileiras estão literalmente "azulando" todas as capas?











Quer mais um exemplo de John Green? Cá está, o livro "Deixe a neve cair", publicado em 2013 pela editora Rocco. 

Por mais que essa capa seja aparentemente bem mais diferente que as outras, ainda sim tem azul. Mas, sei lá, acho que outra cor não combinaria muito com flocos de neve. Eles fizeram bem em colocar sombra e um azul com tonalidades diferentes, como se fosse uma parede. Porque na parte de cima está mais claro e na de baixo, mais escuro.










Mas, vamos voltar para a editora Intrínseca? Esse livro é lançamento dos lançamentos, haha. É o livro "Passarinho". Aqui está a capa:

 Também é azul, por mais que seja um azul marinho. Também vemos azul celeste na capa, certo? Além da fonte ser no estilo "giz de cera", assim como A Culpa é das Estrelas.












Sabe, quando eu vi esse livro na livraria eu achei o título bem original. Mas, me espantei ao ver o livro com o título "Passarinha", um livro publicado em 2013 pela editora Valentina. Mas, como "Passarinho" foi publicado em 2014 no Brasil, eu não sei que autor copiou quem.


As capas não são nem um pouco parecidas, né? Muito menos o conteúdo de cada livro! Mas, se eu estivesse na livraria e visse esses dois livros, com certeza eu levaria esse.













Bom, acho que é só isso. E espero que seja mesmo! As capas atuais estão bonitas, mas muito parecidas. Não quero uma estante de livros formada por livros da mesma cor (por mais que exista muita gente que arruma a estante por cores). Enfim, se você conhece mais livros da mesma cor e com títulos parecidos, manda aí nos comentários o link dos livros no Skoob! Assim podemos fazer uma parte 2 desse post, haha! E você, acha que as capas e os títulos estão muito parecidos ultimamente? Diz aí! 

Você também poderá gostar de

16 comentários

  1. Olha eu sinceramente tenho que dizer que gostei bastante da maioria das capas, mas é verdade mesmo quando vc diz que estão bem parecidas. Nem tinha notado isso.
    Eu sou muito lerda pra reparar nessas coisas, mas eu fiquei surpresa quando vc fez essa postagem, até porque nem tinha me dado conta disso antes (risos)
    E olha que tenho alguns dos livros na minha estante =x
    Enfim...Gostei muito da sua postagem, mas se eu tiver alguma ideia de algum livro que tenha o mesmo critério, eu te falo, porque agora de cabeça assim eu não sei te dizer.

    Enfim...Parabens pelo seu blog. Amei o seu conteudo e espero poder te visitar aqui mais vezes.
    Venha conhecer o meu blog também. Ficarei feliz com sua visitinha
    bjokas

    Olá querido, tudo bem?
    Estou passando aqui para agradecer sua visitinha em meu blog por esses tempos atrás e dizer que adorei o seu cantinho, principalmente quando vi o nome Agatha Christie aqui. Nunca li nada da autora, mas dizem que os livros dela são ótimos, até porque comece a gostar de livro investigativo por conta de um autor nacional e me indicaram os livros dela. Um que tenho interesse de ler é O MISTÉRIO DO TREM. Já leu? Tenho muita vontade. Já faz tempo que estou querendo comprar ele pra ler, mas ainda não tive chance. Espero poder gostar bastante da história e resenhar em meu blog =]

    AMEI A SUA POSTAGEM, até porque dá pra saber mais um pouco dos livros que tem desse gênero e tudo mais.

    Olha, já estou te seguindo tá?
    Se cuida e fica com Deus

    lovereadmybooks.blogspot.com.br
    Já estou te seguindo tá linda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SHUAHUSUH são bonitas, mas são muito parecidas! Ainda mais na cor, podiam ser verdes, mas eles optaram por azul UHSUHAHU Obrigada! Bjs!

      Excluir
  2. Adorei sua postagem Sara! Hoje não existe quase ninguém a ser considerado original :V Se tem até nos livros, não é? -q O layout é muito lindo :D

    please-acappuccino.blogspot.pt | ✰

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha reparado nisso também, Tanto as capas no padrão azul, como outras que são quase cópias mesmo. Vi um livro chamado "O trono do sol" que tinha a capa no mesmo estilo e praticamente a MESMA fonte das Crônicas de gelo e fogo, praticamente uma imitação. Acho que isso acontece porque quando um livro faz sucesso, surgem vários outros no mesmo estilo para pegar uma carona no sucesso alheio. Isso tem me irritado muito :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sim. Quando um livro faz sucesso eles tentam imitar pelo menos a capa, para que os que gostaram do tal livro goste daquele também :/

      Excluir
  4. mas tem que ver as capas originais né? as americanas... tem livro q foi lançado antes de a culpa é das estrelas, e pq ele fez sucesso acham que um copiou o outro...mas pode ser o contrario...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Em questão de conteúdo, pq em questão de capa, a maioria foi lançado em 2013...

      Excluir
  5. A capa de Extraordinário é mesmo muito parecida com A de a culpa é das estrelas, e eu nem tinha reparado nisso. Mas Extraordinário foi uma jogada de marketing, o livro tinha uma capa que chamava muito pouca atenção. Infelizmente ainda tem gente que só compra livro pra postar foto, e se o livro não é "fotogênico", não é vendido. Azul é uma cor bem alegre e que fica legal em qualquer foto, por isso os livros estão sendo lançados nessa cor agora. Will e Will ganhou uma nova versão com a capa azul (na minha opinião muito feia) porque a outra capa era cinza e nem um pouco chamativa.

    Outra coisa que me irrita bastante são os títulos parecidos com livros que fizeram sucesso. Depois que A menina que roubava livros ficou famoso, um monte de gente começou a lançar livros com o nome "A menina que..." me recusei a comprar todos eles, só pelo título. Odeio livro que tenta pegar carona com outro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente! Hoje em dia eu não sei se as pessoas comprar para ler ou para tirar foto... Azul é uma boa cor, mas não acho q a cor seja mais fotogênica do que as outras. Qualquer cor é fotogênica, só depende do design da capa! Hihi... É, tipo "A menina que não sabia ler", e quem leu a menina que roubava livros, sabe que ela tbm não sabia ler... :s

      Excluir
  6. Verdade, hoje tudo é parecido, e isso não acontece só nas capas de livros, acontece em tudo se você for mesmo ver. ^^ QUE LAYOUT FODA MOLIER

    http://estantesuja.blogspot.com.br/ ^~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, cópias de ideias estão por toda parte D':

      Excluir
  7. Oii Sara, tudo bem?
    Eu havia reparado nisso, esses dias quando fui a uma livraria aqui da cidade, e o dono resolveu colocar uma do lado da outra! (isso mesmo). Foi uma confusão total, azul por toda parte.
    Eu adoro todas as capas, mas mudar a cor é sempre bom né? Não confundiria tanto os leitores!
    Ameei, a sua postagem <3

    Beijos
    Laís Happel - EDF
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! ele fez de propósito SHUAHUASHU sim, são bonitas, mas enjoa tanta repetição D: obg <3

      Excluir
  8. Essa capa que junta o nome dos dois: gente, que horror uahuaha não tinha percebido :O

    ResponderExcluir

"Comento, logo existo."