Resenha - A Playlist de Hayden

segunda-feira, junho 29, 2015 2 Comentários A+ a-


Título: A Playlist de Hayden
Autora: Michele Falkoff
Editora: Novo Conceito
Nº de páginas: 288
No Skoob: Clique Aqui
Comprar: Clique Aqui (R$ 20,90)



Sinopse:
A Playlist de Hayden - Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola, o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente
Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.
A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.




Resenha
O livro já começa com a recente morte de Hayden, o melhor amigo do protagonista Sam. Ninguém entende porque Hayden se matou... mas ele fez isso e deixou um pendrive com uma playlist de músicas e um bilhete ao lado escrito "Ouça. Você vai entender". Aparentemente, Sam deveria ouvir as músicas escolhidas por Hayden para entender o porque do suicídio.

Sam conhece uma amiga de Hayden, a Astrid; uma garota com um estilo um tanto incomum, e através de sua amizade com ela é que ele faz outras novas amizades. O que mais chama a atenção de Sam quanto a ela é: como ela conheceu Hayden? Por que Hayden nunca contou sobre ela? 

Sam e Hayden jogavam um MMORPG juntos, e quando Hayden morreu, seu usuário "Arquimago_Ged" ainda vinha falar com o Sam, deixando-o maluco. Hayden sofria muito bullying por parte do seu próprio irmão e os amigos dele, e depois de sua morte, os amigos de Ryan (o irmão de Hayden) foram atacados. Todos suspeitaram de Sam desde o início, acreditando que ele poderia ter feito aquilo, mas a verdade é completamente diferente.

O mais lega nesse livro é que todos se culpam pela morte de Hayden, e a verdade é que todos tem uma porcentagem de culpa! Astrid tem culpa, Sam tem culpa, Eric tem culpa, Jess tem culpa e Ryan tem culpa. É difícil decidir quem realmente é o culpado, ou ao menos, o mais culpado. No fim, o livro não nos leva ao que realmente aconteceu com os sentimentos de Hayden, o que me decepcionou muito. Eu adoraria ter visto o lado do Hayden, os sentimentos dele... Quem sabe eu escreva uma continuação amadora? Quem sabe... Haha.


✖ Avaliação da Escrita: A escrita da autora é totalmente voltada ao público jovem mesmo, sem complicações, sem complexidades, tudo o mais facilitado e cheio de jovialidade. Acho bom, pois livros adolescentes devem ter o toque adolescente para agradar os mesmos, ainda mais aos que não gostam muito de ler, infelizmente.

✖ Avaliação do Enredo: Eu realmente esperava que fosse algo inovador, que as letras das músicas dessem a resposta à Sam. Infelizmente o enredo não tinha tudo aquilo que eu imaginava e acabou por se tornar algo "nada demais".


✖ Sobre o Protagonista: Sam é um cara normal, que acabara de perder o melhor amigo. É óbvio que temos de lidar com seu sofrimento. Em momento algum isso se tornou chato, eu gostei da construção da autora.

✖ Avaliação da Capa: A capa é linda, sem mais. A cor neutra e, mesmo as ilustrações simples ficaram lindas.

✖ O que me levou a avaliá-lo como muito bom? 
Era para ter sido um livro excelente, mas como eu disse, o final me decepcionou e o rumo que eu achei que o livro tomaria foi completamente diferente...


✖ Considerações finais: A Playlist de Hayden me lembrou bastante o meu livro, não sei ao certo o porquê. Talvez seja a temática "adolescente triste com a vida", sinceramente não sei... 


E você, já leu A Playlist de Hayden? Se sim, o que achou? Não leu? Já ouviu falar? Quer ler? Comenta aí!

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

2 comentários

Write comentários
30 de junho de 2015 18:08 delete

Oi, Sara! Tudo bem?

Eu li esse livro e confesso que não achei lá grandes coisas. Percebe-se que é um livro voltado pra um público beeeeeem jovem! Achei que a autora fugiu do propósito do livro, que é como a playlist soluciona o suicídio de Hayden. Parece que o título foi uma jogada de maketing, pois nada fica claro na narrativa. Além disso, o livro começa bem e termina mal. O final é odioso... Parece que a autora ficou com preguiça na metade do livro e terminou o livro só por terminar. Sei lá... Achei meio bleh =p

Beijos,

Juliana Garcez | Livros e Flores

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
1 de julho de 2015 12:03 delete

Oi, Ju.
Aham, eu também n achei tudo aquilo. O começo é tudo de bom, eu super estava curtindo a amostra que a editora mandou, mas dps que li o livro todo, a partir da metade, começou a perder o foco D:
O final ficou mt ruim, muuuuito ruim! :(

Achei meio bleh também SHUHUASHU TOCA AQUI

Bjs!

Reply
avatar

"Comento, logo existo."