Você, escritor! - A possibilidade em escrever um livro em um mês.

domingo, novembro 27, 2016 2 Comentários A+ a-


Já faz um tempo que não escrevo nada para essa coluna, e hoje resolvi trazer algo referente a um desafio de escreta que teve esse mês, que é tão chamado Nanowrimo, para quem não é um desafio de escrita que consiste nos escritores a manterem a meta de escreverem 50 mil palavras até dia 30 de Novembro, e esse evento acontece todo novembro de cada ano, tendo como base a meta diária de 1.666 palavras por dia. Só que, lógico, há quem escreva bem mais que isso e há quem escreve bem menos. Então, resolvi vir falar sobre o Nanowrimo e utilizar a minha experiência desse ano para desenvolver algo que eu acho muito importante para quem escreve. 

Só que, lembrando de que isso nada mais é que minha opinião em relação a escrita. Não é regra, não é algo que se deva ser seguido, pois não há regras no meio artístico só meios que podem ser utilizados pelos artistas e eles resolvem qual desses métodos mais lhes convém, combinado? :)  Então caso tenha interesse, clique em leia mais!



Antes de tudo, a experiência do Nanowrimo é algo único que acho que todo autor deve participar, independentemente se é iniciante ou não, se já tem hábito de escrita ou não, pois é um evento que nos ajuda a criar o hábito de escrever ou simplesmente perceber que podemos escrever bem mais do que imaginamos e é algo que eu realmente amei quando comecei a escrever nesse desafio. 

Só que, o ponto não o Nanowrimo em si, e sim em relação a experiência de escrever 50K de palavras em 30 dias ou, quem sabe, concluir um livro nesse meio tempo. 



Ou seja, a principal função do nanowrimo é fazer você entrar de cabeça em seu universo, escrever e escrever, esse é o desafio. Nada de parar para revisar e fazer mil mudanças antes de escrever a próxima linha. Nada de parar e pensar se está ruim ou não sua escrita. Tudo o que você precisa fazer é deixar seus personagens falarem. Seu universo se desenvolver através da palavras que você transmite ao papel. Essa é a proposta do Nanowrimo, de que as pessoas apenas escrevam! 

E quando resolvi participar esse ano eu não sabia se daria certo ou não, no ano passado me desanimei e nem fiz 3K de palavras direito para terem noção. E, com isso em mente, eu entrei em um grupo do nano no facebook e lá as pessoas se interagem e ajudam uns aos outros, isso me deu confiança para escrever e seguir com a minha meta pessoal que era escrever 3K por dia, lógico que teve dia que escrevi bem mais que isso e dias que escrevi menos, tanto que dia 12 bati a meta de 50K e nem consegui acreditar nisso, foi algo incrível e ao mesmo tempo divertido. 

Claro que eu fui uma das que entraram tendo um resumo previamente feito, tinha capítulos resumidos, nomes dos personagens e tal, e não fui uma das que entraram de cabeça sem saber o que ia acabar nisso tudo e deixou a história rolar. Só que, apesar de todo um planejamento, as histórias sempre se rebelam conosco. 



Os personagens se rebelam. Cenas que não queriamos adicionar surgem, personagens nascem do nada. Outros resolverem virar irmãos, primos de outros ou terem uma relação que você nunca pensou e é algo divertido e natural de se acontecer, mesmo que você fique meio louco já que não foi algo planejado. Mas é algo bom, sabe? É uma experiência agradável que pode trazer novos rumos ao seu livro e transformá-lo de uma forma no qual você sequer imaginou antes!

Vi muita gente bater a meta dos 50K durante o mês. Alguns escreveram 70K, outros mais de 100K e ainda estão escrevendo. No meu caso eu finalizei o livro com quase 93K de palavras (e é o primeiro de uma trilogia...), mas fico ainda meio agoniada porque em janeiro irei revisar o livro então meu lado editor está me matando já haha. E claro, além dessas pessoas, temos os Rebeldes que são aqueles que resolveram continuar seu livro de onde pararam ou usar o Nano para finalizarem aquele livro empacado. É errado? Não, não é, o intuito do nano é esse, fazer as pessoas escreverem, então não importa se é rebelde ou se segue as regras, o que conta é escrever e se divertir!


Ok, ok, fora toda essa minha falação sobre o Nano e a experiência que tive escrevendo um livro em um mês, o ponto é: É POSSÍVEL ESCREVER UM LIVRO EM UM MÊS?

E assim, escrever um livro em um mês é uma tarefa árdua e serei sincera, como eu tive muito tempo disponível durante esse mês, até que foi relativamente "fácil" para eu escrever todo dia. Porém, há pessoas e pessoas, houveram momentos de bloqueios, momentos do "ah, não vou escrever e dane-se se ficar ruim" e claro o "ahhh, não quero ficar abaixo da meta, vou escrever essas 1.666 palavras!!". U.U

Foram tantas pessoas determinadas que eu vi durante esse mês desejando concluir o desafio que foi difícil não se contaminar com essa energia, tanta gente dizendo que desistiria e uns 20 comentários de pessoas dando motivos para não desistir e continuar com tudo, foi algo incrível de se vivenciar, e cheguei na conclusão de escrever um livro durante um mês é completamente possível. Lógico que depende da pessoa, da ideia, do que ela quer transmitir e como será feito esse livro, pois escrever algo em um mês requer no mínimo um resumo previamente escrito que seria sua base e de resto seja o que Deus quiser rs. 

Mas, enfim, falando sério. 



Escrever é difícil, vamos concordar. Há gente que acha fácil ficar em frente do computador escrevendo e escrevendo, sendo que na realidade não é. Então um desafio desses chega a assustar algumas pessoas, pois ficamos com um pensamento "o quê? Como escreverei 50K em um mês? Isso é possível? Não, não vou conseguir, se mal saio das minhas 7K do ano passado". É assustador, não importa se você é iniciante ou não na escrita, pois é um desafio pessoal, não tem nenhuma premiação no final, só a auto satisfação de conseguir algo, e é fascinante ver outras pessoas atingirem a meta e a interação entre elas.

Então, gente para finalizar:

Escrever 50K palavras é possível? SIM. 
Escrever um livro inteiro é possível? SIM. 
Escrever todos os dias com uma meta diária é possível? SIM. 
Eu posso conseguir isso? SIM. 

Não importa a pergunta que você no meio artístico, se envolver sua criatividade, a resposta será sempre sim. Você consegue escrever um livro em um mês SIM. Pode criar várias subtramas. Ligá-las. Matar o principal. Reviver o Principal. O importante é gostar do que está escrevendo e querer transmitir as pessoas o que você quer, isso torna a experiência muito melhor. 

E, além desse grupo que falei, tem o grupo Sociedade dos Escritores Vivos, que foi criado pela Camila Deus Dará, autora da trilogia Ninho de Fogo, atualmente são quase 8 mil membros e acho muito interessante a ideia de mais pessoas participarem, pois é um grupo muito bom, rola discussões saudáveis, o foco não é divulgação do seu livro, é a interação entre os membros, e se caso você for escritor e estiver procurando um grupo assim, entre no facebook e peça para participar do grupo Sociedade dos Escritores Vivos, que é um amor de grupo e a Camila (e todos os moderadores do grupo) estão sempre dispostos a responder dúvidas e todo o mais, além de sempre haver por lá pessoas que postam recursos para quem quer ler mais sobre como escrever e todo o mais, se tiverem interessem já sabem haha. 

Agora sim, concluo minha postagem sobre A possibilidade de escrever um livro em um mês. 

Aqui contei sobre minha experiência do nano, e de que é sim possível terminar um livro ou escrever uma quantidade que vocês julguem necessária durante o mês como um desafio pessoal. E, além disso, uma pequena propaganda de dois grupos amorzinho, então olha lá, hein, procurem Sociedade dos Escritores Vivos caso ainda não conheçam e participem desse grupo! *-* 

SÓ QUE, antes de me despedir deixo umas frases aqui. 

A ARTE DE ESCREVER É REESCREVER.
ESCRITORES NÃO TEM TEMPO.
ESCRITORES ARRANJAM TEMPO.
ESCREVA. ESCREVA. APENAS VOMITE AS PALAVRAS NO PAPEL. DEPOIS HAVERÁ MAIS TEMPO PARA LIMPAR O DESNECESSÁRIO. 

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

2 comentários

Write comentários
Sara
AUTHOR
30 de novembro de 2016 11:07 delete

Só agora estou passando para comentar~ HUSHSUHU my bad!
Nanowrimo é muito legal, espero poder participar algum ano... Quem sabe depois da faculdade hahaha /iludida que acha que a vida vai de fato começar depois da facul.

Enfim, realmente é muito possível escrever um livro em um mês, mas é muito difícil, mesmo que o livro vá ter 80 páginas. Escrever requer pelo menos um "descansinho", para depois você dar mais uma revisada e ver aquilo que você escreveu de novo, assim como vc disse que vai revisar em janeiro o que escreveu agora em dezembro. Acho que mais do que o tempo que se leva para escrever, o descanso talvez seja um ponto importante, atrelado à revisão, claro.

Preciso de um desafio de escrever um livro em um mês, nem que seja pra postar no Wattpad depois, hahaha. Mas como eu disse, quando a vida der um tempo pra Sarinha... ): SHUAHHUAS

Dorei o post, beeeijo! /E poste mais na coluna, please! Vou voltar a postar também ;)

Reply
avatar
Andy
AUTHOR
1 de dezembro de 2016 08:39 delete

Então, mesmo fazendo faculdade acho que você deveria dar uma chance a esse desafio! É muito bom!

Sim, sim, escrever um livro em um mês é algo completamente possível, mesmo sendo algo difícil dependendo do seu tempo disponível e o tipo de enredo que você deseja desenvolver. E acho que o melhor é escrever tudo e só depois revisar, que então poderá fazer uma revisão mais sossegada do que simplesmente ir lendo enquanto escreve haha.

Você pode sempre se desafiar! Pode fazer 30 mil palavras em 30 dias, tipo mil palavras por dia, é um bom desafio, não acha? XD E ajuda pra criar mais foco nos livros além de voltar ao habito de escrever todo dia, mesmo sendo só uma página rsrs.

Sim, vou postar mais nessa coluna -q

Reply
avatar

"Comento, logo existo."