Mês das Bruxas #4 - O jeito correto de assistir a um filme de terror

domingo, outubro 30, 2016 0 Comentários A+ a-


Se você assistiu a um filme de terror, e não sentiu medo e acabou até dando risada, talvez seja porque você não assistiu ao filme corretamente. Clique em "leia mais" e confira o jeito correto de assistir e sentir mais medo do que você espera!



Escolha o filme certo, dê preferência aos de capiroto.

Filmes de capiroto, possessão, espíritos e coisas do gênero tentem a ser muito mais assustadores, simplesmente pelo fato de que em filmes de assassinos e monstros, você pode enfrentá-los e bater neles. Mas, ao tentar fugir do capiroto e se trancar dentro de um armário, o capiroto ultrapassa paredes e em um segundo você estará possuído andando pelas paredes. Portanto, ao escolher um filme para sentir medo de verdade, escolha um em que essas características estejam presentes.

Crie a ambientação perfeita

Para sentir medo, tudo o que está à sua volta precisa ser necessariamente assustador. Luz espanta os possíveis espíritos malignos, portanto, a melhor ambientação para assistir ao filme de terror é se trancar em um quarto e apagar todas as luzes, somente a luz da TV/notebook/celular deve iluminar o cômodo.

O som
Outra parte da ambientação é como você vai escutar o filme. Você definitivamente não pode ouvir o som saindo diretamente das caixas de som, você vai precisar de um fone de ouvido potente e deixar o volume no máximo. 

Evite distrações
Não coma, não beba, desligue o celular e se puder, assista completamente sozinho. Bom, até a metade do filme você não estará mais tecnicamente sozinho. 


E essas foram as dicas para assistir a um filme de terror do jeito certo! Pegou as dicas? Então vá aproveitar seu Halloween com muito medo!

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

"Comento, logo existo."