Você, Escritor! - Criando personagens

domingo, março 20, 2016 4 Comentários A+ a-


O que faz o mundo ser incrível ou horrível são as pessoas. Tanto na história quanto nas estórias, pessoas faziam as coisas acontecerem e - querendo ou não - na estória que você vai escrever, será a mesma coisa. Portanto, hoje eu trouxe dicas e maneiras de se criar personagens.


Antes de mais nada, para caso você tenha a dúvida se deve falar/escrever "A personagem" ou "O personagem", quero que você saiba que não faz diferença e ambos os jeitos estão corretos. Caso queira saber porque os dois são corretos, clique aqui.

Simplificando para quem não sabe: os personagens são todos aqueles que farão parte da sua estória; seja ele humano, animal, ser sobrenatural, etc... O protagonista é o personagem principal.

O personagem é sempre algo muito trabalhoso de se fazer, pois ele vai contribuir muito na hora de cativar o leitor, afinal, é ele quem faz parte daquele universo ao qual o leitor "viajará". Criar um personagem incrível, fará com que a sua criação inteira seja incrível.

Criar um personagem é muito mais do que imaginar a aparência, o estilo, os gostos dele e o que ele fará na estória. Um personagem precisa ter uma personalidade, características únicas e isso precisa ser transpassado ao leitor através da narração que você escolheu fazer (Clique aqui para saber sobre os tipos de narração), então além de você, escritor, ter de criar um personagem, você ainda terá de se esforçar muito na hora de escrever para que essa sua criação seja valorizada. Complicado, não é mesmo? 

Alguns métodos
Infelizmente, não tem possibilidade de eu dizer como você poderia valorizar seu personagem, porque isso vai depender muito de como você escreve. Cada escritor deve saber como consegue valorizar melhor o seu personagem. O que eu trarei agora, é algo para ajudar principalmente os novatos que não sabem como criar um personagem. São jeitos simples que muitas pessoas usam e que vai ajudar bastante quem não sabe bem por onde começar e como fazer isso de maneira organizada.

➜ Antes, um pequeno guia
Abaixo estão algumas informações que você pode colocar ao criar o seu personagem. É apenas algo para te guiar a criar os seus próprios tópicos de informações.

a) Nome do(a) personagem, idade, características físicas (detalhe como você gostará de detalhar na estória), história (história da vida dele até o momento presente, ou não), personalidade (ex: triste, feliz, amoroso, etc... Normalmente se tira a personalidade como consequência da história de vida dele), outros pontos fortes.

Ou,

b) Nome do(a) personagem, idade, altura, cor do cabelo, cor dos olhos, cor da pele, cor favorita, comida favorita, estilo musical favorito, onde mora, história, personalidade, aparência, etc...

Pequeno comentário (necessário ou desnecessário): Confesso que eu prefiro o primeiro exemplo, pois eu normalmente preencho os tópicos com textos, detalhando tudo o que for necessário e que vai aparecer na estória. Para mim, não adianta colocar que o personagem vai ter 1,70 m de altura, se eu não for dizer em algum momento da estória que ele tem 1,70 m de altura.

1) Faça como antigamente: desenhe.
Um método simples e perfeito para expressar exatamente aquilo que você imaginou. Desenhe o seu personagem com as características físicas que você pensou. Ao lado dele, você pode colocar as informações necessárias.

2) Não sei desenhar, mas sei me inspirar.


Quem não sabe desenhar, pode procurar por imagens na internet para ilustrar seus personagens (caso haja a necessidade). Ilustrar o personagem (seja desenhando ou procurando uma imagem) ajuda bastante em inúmeros aspectos.

3) Preencha o formulário, por favor.
Muitas pessoas criam formulários com os tópicos que elas acham importantes durante a construção de um personagem e os preenchem para cada um que forem criar. 

4) Crie uma autobiografia, se preferir.


Alguns escritores realmente AMAM escrever muito! Se deixar, escrevem um livro só sobre um personagem que apareceu em um dos seus livros. Se você não vê problemas, pode se dedicar a escrever grandes textos sobre a história e personalidade do seu personagem querido. 

Esses são alguns métodos que eu conheço, deixe nos comentários como você costuma fazer e se conhece outros!
Esse foi o post do Você, Escritor! de hoje, espero que tenham gostado!


Dúvidas ou pedidos em relação à Coluna, mande um e-mail para interesses.sutis@gmail.com

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

4 comentários

Write comentários
Andy
AUTHOR
20 de março de 2016 12:11 delete

Legal! Eu tenho o costume de imaginá-los por completo, como eles agem, quem são eles, se são explosivos e tal e depois os descrevo separadamente em um word sobre eles, a vida deles, altura, e todo o mais. Eu acho importante ter todo o superficial (altura, cor de olhos, cabelo, gostos e desgostos...) e o necessário (quem ele é, de onde é, personalidade, etc.) escrito que em algum momento posso (ou não) usar as informações ali dispostas.

Algo que gosto (e muito) de fazer é imaginar os principais a partir de esteriótipos. Se eu penso em uma garota estilo forte e nem aí, eu começo a reestruturá-la de acordo com a vida que eu criei para ela, para deixá-la mais triste, suicida, feliz, amorosa, etc, dependendo da vida que ela teve e tal. O mesmo com os outros personagens, faz tudo soar mais real e rico em informações, para falar a verdade.

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
20 de março de 2016 15:35 delete

Sim, porque é a realidade, né? Nossas personalidades e o jeito de ser vêm da nossa "história", se vc quer fazer um personagem mal/psicopata/traumatizado/etc tem que ter algo na história dele que o tornou assim... (no caso do psicopata, ele pode nascer assim, então sei lá...) USHAHUASUHASU criar personagens dá trabalho, mas é legal <3 sem falar naqueles personagens que inventamos na hora porque precisamos de alguém que interaja rapidamente com o protagonista kkkk

Reply
avatar
Junior Lucas
AUTHOR
23 de março de 2016 14:17 delete

OLAR ! Adorei o seu blog , Seguindo :) Se quiser varias dicas e guias de viagens dá uma passada no meu blog ! bjs

http://alivepineapple.blogspot.com.br

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
23 de março de 2016 16:52 delete

Adorei! Vou dar uma olhada :B

Reply
avatar

"Comento, logo existo."