Resenha - O Leitor

quarta-feira, janeiro 21, 2015 7 Comentários A+ a-


Título: O Leitor
Autor: Bernhard Schlink
Editora: Record
Nº de páginas: 240
No Skoob: Clique aqui
Comprar: Clique Aqui (R$ 19,90)

 

Sinopse:
Michael tem somente 15 anos quando conhece Hanna, uma mulher 21 anos mais velha. É o início de uma delicada relação amorosa, marcada por pequenos gestos e rituais. A leitura de clássicos de Tolstói, Dickens e Goethe precede os encontros. Ao longo de meses, o casal repete essas cerimônias, interrompidas pelo súbito desaparecimento de Hanna. Sete anos depois, Michael, estudante de direito, é convidado a tomar parte em um julgamento contra criminosos do regime nazista. Ele descobre que uma das acusadas é sua antiga amante, o que o lança a um vórtice de culpa e piedade.

Resenha
Li esse livro no início de 2014 e só agora estou conseguindo fazer a resenha, no início de 2015. Eu sempre ia lendo outros livros e resenhando-os e esquecia completamente desse. Minha irmã assistiu o filme e gostou, então foi louca (como sempre) atrás do livro. Procurou nas livrarias e não encontrou, então recorreu aos sebos (aqui em Curitiba você sempre encontra o livro antigo que quer nos sebos). Pagou baratinho e ele estava em ótimo estado. E o livro que temos aqui é o com a capa da adaptação cinematográfica, com os atores.

O livro começa com Michael ficando doente. Ele tem apenas 15 anos e vive na destroçada Alemanha do período nazista. Ele está andando pelas ruas, quando bota os bofes pra fora (vomita) num beco. Então Hanna surge, uma mulher de 36 anos e o ajuda a se limpar e se recompor. A princípio ela é uma mulher rude e o leva até em casa. Michael conta para a sua mãe sobre a mulher que o ajudou e sua mãe diz que ele deve dar um buquê de flores à ela por ser tão gentil e ajudá-lo.

Ele vai entregar o buquê e é aí que tudo começa. Ele conhece o apartamento de Hanna, e espia ela vestindo uma meia-calça. E ela vê. Depois ela pede que ele busque carvão, e quando ele volta, está todo sujo e ela diz para ele tomar banho, NA CASA DELA (ah, safada). E então, dá em cima do menino e eles "fazem coisas". 

E assim se segue uma rotina, Michael sai da escola mais cedo e vai até o apartamento de Hanna e lá eles fazem tudo o que querem. Você fica abismado, porque ele tem 15 anos e ela 36. Mas você até aceita depois de um tempo, porque vê que o amor deles é verdadeiro... Durante esse tempo que passam juntos, Hanna pede que ele leia para ela. Ela esconde o seu analfabetismo e diz somente que prefere ouvir a voz dele contando as histórias... É engraçado, porque ela sempre fica com raiva, chora ou acha as cenas dos livros um ultraje, fazendo-nos ver que livros são mesmo uma maravilha até para quem não sabe ler e pode apenas escutar. Ela torna isso uma regra, antes de eles se amarem ele lê para ela.

Aqui vai um poema que Michael escreveu para Hanna:
Quando nos abrimos
você a mim e eu a você,
quando afundamos
em mim, você, e eu em você,
quando perecemos
você dentro de mim e eu dentro de você.
Então
eu sou você
e você é você.

Certo dia, Hanna simplesmente desaparece. Sete anos depois, quando ele está estudando direito e vai participar de um julgamento de regime nazista, descobre que uma das acusadas é a sua amada Hanna, que agora já apresenta alguns sinais de idade. Ela acaba sendo presa e ele envia cartas para ela, mas só depois descobre que ela não sabia ler e nem nunca soube, por isso pedia que ele lesse para ela. Então ele passa a escrever suas cartas e depois ler em voz alta e gravar e enviar as fitas para Hanna. E ela sempre ouve. E um dia, ela envia uma carta à ele.

✖ Avaliação da escrita: A escrita do autor é maravilhosa. Dá até a impressão de que é mais clássico do que realmente é (publicado na Alemanha em 1995). Achei uma escrita fácil de entender, mas sempre com aquele toque clássico que torna o livro mais culto e especial.

✖ Avaliação do enredo: O enredo desse livro foge do clichê "Segunda Guerra", exatamente pelo seu romance e pelo envolvimento de Hanna com os judeus. Além, é claro, da incrível mistura de literatura, tornando tudo único e diferente. Você vai adorar o livro, não importando se você gosta de romances ou não, se você gosta de Segunda Guerra ou não, pois, se você gosta de ler, você vai amar esse livro.

✖ Avaliação da capa: Apesar de não termos a capa original, eu acho a capa simplesmente linda. No primeiro quadro, temos Hanna e o jovem Michael. Depois de um afeto romântico (o beijo), vemos Hanna e o velho Michael. Os atores não são muito parecidos, mas sim, a Hanna é a Kate Winslet, a que faz Titanic. 

✖ Sobre o protagonista: Michael é quem narra a história e você o acompanha todo o tempo, inclusive quando ele sofre pelo desaparecimento de Hanna, quando ele se casa de novo, tem filhos e quando ele a reencontra. É um personagem apaixonante, que em momento algum diz se é bonito. Seus pensamentos não mudam muito depois que ele cresce, mas ele se tornou menos apaixonado por Hanna.

✖ O que me levou a avaliá-lo como excelente? 
Como eu disse, o livro é único e foge de todos os clichês relacionados a Segunda Guerra Mundial. Foi, sem dúvida, o melhor livro que eu li que se passa nessa época (desculpa, A menina que roubava livros). Apesar de que, O Leitor se passe depois da Guerra, mostrando apenas seus vestígios e a resistência que o nazismo tentava obter. Adorei os personagens, adorei o romance. E também, apesar de eles se amarem tanto, em várias cenas, o autor não descreve bem as cenas de amorzinho, o que salvou bastante o livro para mim (uma pessoa que não curte romances eróticos). Mas em compensação, o filme mostra TUDO E MAIS UM POUCO do que foi ocultado no livro...

✖ Considerações finais: É uma leitura extremamente rápida e que te prende o tempo todo. Você não vê a hora de saber o que acontece com eles, a noite que passarão juntos e a viagem que irão fazer. É um livro emocionante (não guarde suas lágrimas) e repleto de drama romântico. É lindo, lindo demais. É uma daquelas leituras que você nunca vai se arrepender de ter feito. Quero dar destaque ao filme, um pouco.
O Michael jovem é interpretado pelo lindinho/fofinho do ator alemão David Kross.
Kate Winslet, que fez Titanic, interpreta Hanna. Ela está muito diferente no filme. Sem maquiagem, séria e rude (apesar de bem safadinha...). Ela está realmente diferente e ganhou inúmeros prêmios por sua atuação em O Leitor, que foi indicado ao Oscar e Globos de Ouro.
Esse você provavelmente conhece de algum outro filme! Ele interpreta o Michael mais velho, que reencontra Hanna.
Resumindo, o filme é incrível também, e com atores mais incríveis ainda. 

E você, já leu ou ouviu falar do livro O Leitor? Se já leu, o que achou? Ficou com vontade de ler? Comenta aí!



/Beijocas da Saroca


Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

7 comentários

Write comentários
21 de janeiro de 2015 11:04 delete

Oi Sara!
Eu não conhecia o livro, mas não foi um que faz "meu estilo" (se é que eu tenho um), apesar de achar uma graça essas leituras onde o cara é mais novo que a mulher - o que é "raro" nos livros atuais - ele me prendeu um pouco, não sei porque, só cortou meu coração ao ler sua resenha Caramelos Encantados

Reply
avatar
21 de janeiro de 2015 11:04 delete

O blogger cortou meu comentário :c
Mas enfim, será que o filme tem no netflix?
Beijoos ♡ || Caramelos Encantados

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
22 de janeiro de 2015 16:02 delete

Ahhh, é muito bom... Esse tipo de livro tbm não faz o meu estilo, mas é tão legal <3 Não sei se tem no Netflix, mas pela internet da vida tem sim, haha... Beijo!

Reply
avatar
23 de janeiro de 2015 11:01 delete

A resenha é ótima e me parece um ótimo livro.

Equalizando - [visite, baby]

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
23 de janeiro de 2015 14:05 delete

É um ótimo livro <3

Reply
avatar
26 de janeiro de 2015 11:33 delete

Oie! Tudo bem?

Eu assisti esse filme porque minha mãe insistiu muito e eu acabei adorando! <3 Só que nunca li o livro... Espero poder gostar dele tanto quanto você =) Sua resenha despertou meu interesse nele, hehe.

Beijos,

Juliana Garcez.

www.livroseflores.com

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
27 de janeiro de 2015 12:08 delete

Oi! Tudo ótimo!
Ahh... O filme é muito bom, mas o livro é ainda melhor <3 se puder, leia! Vale a pena!

Reply
avatar

"Comento, logo existo."