Resenha - O Escaravelho de Ouro | #12MesesdePoe

sexta-feira, dezembro 16, 2016 2 Comentários A+ a-


Resenha
O Escaravelho de Ouro é o sétimo conto do desafio 12 Meses de Poe, o qual eu estou atrasadíssima, mas eu poderia simplesmente desistir do desafio, mas não quero começar e não terminar! (não gosto de começar desafios/projetos e não terminar). Portanto, aguentem resenhas dos contos que faltaram todos os dias no blog, haha! Logo estarei indo para a praia, por isso percebi que não poderia adiar mais essas leituras e resenhas.

Como eu ia dizendo, O Escaravelho de Ouro é o sétimo conto do desafio e conta a história de como um escaravelho (besouro) de ouro ajudou três amigos a encontrarem um tesouro. O conto é narrado em primeira pessoa, mas não entramos em contato com o nome do narrador. Ele mora em Charleston e seu grande amigo, Legrand, mora em Sullivan's Island, que como o próprio nome diz, é uma ilha. Certo dia, o narrador viaja para visitar seu amigo Legrand, que tinha um velho criado chamado Jupiter. Legrand estava todo animado com um escaravelho de ouro que encontrara, mas o narrador não liga muito. Legrand mostra um desenho que fez das manchas do inseto e o narrador só consegue ver uma caveira.

Certo dia, Jupiter vai visitar o narrador, dizendo que Legrand estava meio doente, parecendo um louco em relação àquele escaravelho. Então ambos vão para a ilha e Legrand dá uma de louco dizendo que o escaravelho é um mapa para um tesouro e obriga Jupiter e o narrador a ajudá-lo a encontrar o tesouro. 

O narrador pensa que Legrand está louco, mas após encontrarem o tesouro avaliado em mais de um milhão de dólares, ele deixou de acreditar na loucura do amigo e pediu para que ele explicasse como havia descoberto o mapa para encontrar o ouro. 

Não posso contar essa parte, pois seria um baita spoiler, mas basicamente, Poe é genial! Uma série de cálculos estão envolvidos com uma frase que desvenda parte do mistério do mapa. Avaliei esse conto como ótimo justamente por essa parte tão trabalhosa que o próprio autor teve para criar o mapa do tesouro de Kidd. A parte em que eles estão procurando o tesouro prende muito o leitor, gostei bastante desse conto.

E você, já leu esse conto do Poe? Faz parte desse desafio? Comenta aí! 

Sara Muniz, dona do blog Interesses Sutis, sou apaixonada por ler, escrever e criar. Adoro música erudita, rock, pop, música francesa e de vez em quando até uma musiquinha indiana para dar uma animada! Preciso ver artes plásticas para me inspirar a escrever. Meus autores preferidos são Patrick Rothfuss, J.R.R. Tolkien, Brandon Sanderson, Jostein Gaarder e Khaled Hosseini (nessa ordem). Amo cantar e desenhar - mesmo fazendo ambas as coisas mal -, sou fissurada por cachorros e todos são "bebês fofinhos" para mim. Às vezes, eu acho o mundo lindo, outras vezes eu acho que a colisão de um meteóro com a Terra seria a salvação. Saiba mais sobre mim na página "About"!

2 comentários

Write comentários
sara
AUTHOR
17 de dezembro de 2016 18:51 delete

eu já li vários contos do poe, mas eu não lembro de ter lido esse. a história é familiar, mas realmente n lembro. fiquei super curiosa com esse final... vou procurar pra ler!

Reply
avatar
Sara
AUTHOR
18 de dezembro de 2016 09:43 delete

É muito legal esse conto dele! Mas é um dos mais longuinhos...

Obrigada pelo comment <3

Reply
avatar

"Comento, logo existo."